CCSE recebe ações de educação ambiental da segunda edição do Ruas Verdes

O Centro de Ciências Sociais e Educação (CCSE) da Universidade do Estado do Pará (Uepa) recebeu a 2ª edição do projeto “Ruas Verdes” no dia 4 de outubro. O evento ocorreu durante a manhã na entrada do Campus I. A iniciativa foi do Grupo de Pesquisa em Educação e Meio Ambiente (Grupema) e do Coletivo Jovem de Meio Ambiente do Pará (CJ/PA).

O projeto observou uma enorme quantidade de resíduos sólidos despejados e acumulados no quarteirão do CCSE e que ocasionavam mal odor e sujeira. Assim, o CJ/PA e o Grupema decidiram criar ações para a solução do problema que se expande pelas ruas da cidade de Belém, em união com os seguintes apoiadores externos: Engajamundo; Grupo de voluntários do Greenpeace Belém-PA; Centro Acadêmico de Pedagogia (CAPE); Centro Acadêmico de História da Uepa (CAHIS); Mapa Educação; Ideflor-bio; Plangea; Laboratório de Educação Ambiental (LEA) e a Coordenadoria de Ações Educativas Complementares da Secretaria de Estado de Educação (Caec-Seduc).

Com o objetivo de sensibilizar e informar a comunidade acadêmica e do entorno da Instituição, o “Ruas Verdes” quer chamar atenção para a problemática por meio do ativismo e ressignificação do espaço a partir de intervenções estéticas e ambientais. “O Ruas Verdes é um projeto sobre resistência e a expectativa é trilhar passos para a mudança da realidade do entorno da Uepa e sair multiplicando, por meio da juventude, novas visões e perspectivas sobre o que precisamos fazer a partir de agora”, afirmou a mestranda em Geografia da Uepa e coordenadora do Coletivo Jovem de Meio Ambiente do Pará, Ana Rosa Cyrus.

“A ênfase do projeto é desenvolver ações de educação ambiental com os discentes, servidores e, principalmente, com a comunidade externa que fica ao redor da Universidade, de forma interdisciplinar onde os participantes terão acesso a recursos de gestão de resíduos sólidos, assim como, também resoluções que envolvem pautas de saúde pública, educação e consciêntização”, disse a egressa da Uepa, participante do Grupema e técnica de gestão ambiental do Ideflor-bio, Alzira Araújo, sobre a importância da atuação do projeto Ruas Verdes.

Entre as atividades estiveram a oficina de jardinagem, ocupação e limpeza do local, lanche coletivo, vagas vivas no espaço do estacionamento ao lado da calçada, exposição de vivências a partir de roda de conversa e relato de experiências da comunidade. “É muito importante a realização de projetos que ultrapassem os muros da Instituição e que consigam criar diálogo entre a Universidade e a comunidade externa de forma efetiva”, ponderou o vice-diretor do CCSE, João Paulo Passos.

Para a professora do Programa de Pós Graduação em Educação e coordenadora do Grupema, Maria das Graças da Silva.

a educação ambiental auxiliou de maneira sobrecomum, porque por meio da interdisciplinaridade leva a uma melhor compreensão de todo o contexto e sua complexidade e assim envolver diversos agentes. “A Uepa precisa ampliar e dar mais visibilidade ao seu processo de ambientalização em relação às diversas temáticas ambientais, de forma articulada e coletiva.  Os parceiros externos estão se aproximando”, comentou a professora

“É muito importante estar sempre pautando a temática da educação ambiental no Estado do Pará, tendo em vista, que o mundo inteiro está debatendo e lutando para uma melhor forma de manejo do lixo, portanto, a ação da Uepa em parceria com outras instituições públicas e privadas é mais um passo em direção a conscientização da comunidade paraense “, pontuou o coordenador de Educação Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente (SEMMA), José Gadelha.

Acesse a galeria de fotos aqui. 

Texto: Wesley Lima (com informações de Daniel Leite Jr)

Fotos: Nailana Thiely