Jornada debate o panorama das Ciências da Religião

Professora Taíssa Tavernard falando da importância do curso de Ciência da Religião na mesa de abertura

O Centro de Ciências Sociais e Educação (CCSE) recebeu entre os dias 11 a 14 de novembro, no auditório Paulo Freire a VIII Jornada Acadêmica do Curso de Ciências da Religião, com o tema Religião e Educação: políticas nacionais e resistências. 

Durante a abertura, o diretor do CCSE, professor Anderson Maia, disse que o evento é algo extremamente positivo porque expõe os resultados das pesquisas desenvolvidas pelo curso de Ciências da Religião. “A Jornada é muito importante porque demonstra os frutos das parcerias interinstitucionais. Sem elas, seria impossível darmos prosseguimento e discutirmos de forma bastante enfática o crescimento do curso de Ciências da Religião, tanto na sua formação inicial quanto na forma continuada”, disse o diretor.

O reitor, professor Rubens Cardoso, declarou que acredita que a Universidade do Estado do Pará, em 26 anos de existência, está cumprindo com suas funções, entre elas, formar profissionais éticos e bem capacitados. Além disso, ressaltou a importância do estudo na área. “As Ciências da Religião é um desses ensinamentos tão necessários numa hora que precisamos propugnar pela cultura da paz, direitos humanos e inserção de maior número de pessoas num processo de mudança estrutural da sociedade. E é um complemento indispensável na vida e formação das pessoas”, declarou o reitor. 

A palestra Religião e diversidade: A Conjuntura Política Atual , que seguiu a mesa institucional, foi ministrada pelo professor-convidado Leif Grünewald, da Universidade Federal Fluminense (UFF). Entre os pontos abordados na explanação estava o conceito de diferença. “A ideia de diferença talvez tenha sido continuamente vista como um tipo dos mais temidos dos males. No mínimo, causava uma estranheza ou  um tipo de mal-estar, justamente pela sua capacidade de se furtar de qualquer modelo ou regra pré-estabelecida”, falou Grünewald.*

Jornada – O evento foi organizado pela graduação e teve como objetivo fazer um panorama da área, mediante o cenário político atual, com o intuito de estimular a comunidade discente. “A expectativa é reunir os alunos e professores de graduação e pós-graduação na área para debater suas pesquisas e apontar caminhos profissionais”, afirmou a coordenadora do Curso de Ciências da Religião e organizadora do evento, professora Taíssa Tavernard.

A amplitude do campo das Ciências da Religião oferece um cenário que se destaca pela variedade, a partir das diversas abordagens teóricas e métodos de pesquisa que envolve grupos sociais diversos e culturas distintas permitindo, dessa forma, um aprofundamento da formação acadêmica dos discentes.

A programação contou com oficinas, mesas-redondas, minicursos, mesas de debate, show musical e cine-africanidade sobre temáticas que envolvem a conjuntura política, diversidade religiosa, elaboração de projetos, patrimônio religioso, identidade cultural e outros.

“É uma forma de reunir alunos do curso de graduação com egressos que já ocupam vagas no mercado de trabalho e com alunos que estão nas pós-graduações como uma tentativa de criar espaços para troca de experiência acadêmica e profissional, com o objetivo de apontar caminhos para quem está iniciando sua trajetória profissional e acadêmica”, acrescentou  a professora Taíssa Tavernard.

Texto:Wesley Lima ASCOM/CCSE e Daniel Leite Jr ASCOM/Uepa.

​Fotos: Marcello Sarmento/ Ascom Uepa.